(Créditos fotográficos: Albertina Costa)

O Parque Manuel Braga era, inicialmente, um espaço que pertencia aos monges beneditinos, localizado ao nível do curso das águas do rio Mondego e, assim, sujeito a constantes inundações. Em 1888, a Câmara Municipal de Coimbra comprou a Ínsua dos Bentos, constituída por laranjais e por uma área descampada, onde se realizavam corridas de cavalos, bem como por um campo de futebol, onde a Académica jogava. Em 1920, é proposto transformar a antiga Ínsua dos Bentos em jardim público, ficando encarregue do projecto o paisagista floricultor portuense Jacinto de Matos.

O jardim foi construído com aterro e protegido por um talude marginal revestido a pedra, pontuado por bancos decorados com azulejos da Fábrica Aleluia, de Aveiro.

O nome do parque foi deliberado em sessão de Câmara, de forma a homenagear Manuel Braga, grande impulsionador na valorização e na criação de espaços verdes na cidade de Coimbra, nomeadamente a Mata de Vale de Canas e os jardins da Avenida Sá da Bandeira.

.

Fonte: Página electrónica da Câmara Municipal de Coimbra.

 (Créditos fotográficos: Albertina Costa)
(Créditos fotográficos: Albertina Costa)
(Créditos fotográficos: Albertina Costa)
(Créditos fotográficos: Albertina Costa)

25/12/2023

Siga-nos:
fb-share-icon

Albertina Costa

Maria Albertina Silva Nogueira Fonseca Costa é licenciada em Serviço Social, pelo Instituto Superior de Serviço Social de Coimbra, com pós-graduações em Intervenção Sistémica, pela Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, e em Proteção de Menores, pelo Centro de Direito da Família da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Foi cofundadora da Delegação Regional do Centro da Associação de Profissionais de Serviço Social, da qual foi a primeira presidente. Desenvolveu a sua atividade profissional na área da saúde, em vários estabelecimentos no Porto e em Coimbra. Nos últimos anos, trabalhou essencialmente com grávidas e com crianças de risco social. Foi coordenadora de equipa no Hospital dos Covões (Hospital Geral) e na Maternidade Bissaya Barreto, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Nesta última unidade, coordenou o projeto piloto “Nascer Cidadão”, que incentivava os pais a registarem os filhos na Maternidade. Atualmente, é presidente da direção da Sorriso – Associação dos Amigos do Ninho dos Pequenitos, da qual foi cofundadora e a cujos corpos sociais pertenceu. Em 2015, iniciou formação na área da Fotografia, a que se dedica de forma formal e informal, constituindo uma atividade que a tem motivado nos últimos anos. Observar a realidade que a rodeia e captá-la através da lente tem sido a sua paixão. Com a rubrica “O Meu Olhar”, Albertina Costa traz uma nova perspetiva ao jornal "sinalAberto".

Outros artigos

Share
Instagram