Augusto Baptista

Natural de Oliveira de Azeméis, jornalista, cruza escritas: texto, fotografia, desenho. Tem livros publicados e realizou exposições (fotografia, desenho). Da direcção da Cena Lusófona e da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto.

………………… O homem que diz “mãe, minha senhora mãe” Cada dia mais encolhida ele a vê, mais minúscula no contexto Ler mais

………………… Respeitinho “Evite convívios”, alertava o cartaz no Metro. Chegado a casa, a esposa esperava-o, à porta. Ele evitou-a e doutrinário:  – É Ler mais

………………… O homem que engole aço Quando lhe perguntam como consegue tal prodígio, diz ser tudo resultado de uma evolução Ler mais

………………… O esquecimento O médico disse tratar-se de um exame delicado, o doente teria de cumprir à risca as suas orientações. E Ler mais

………………… O encontro Acorda e se prepara para o encontro com o anónimo pretendente com quem, ao longo de anos, troca cartas Ler mais

………………… Sotaque Desde cedo, começou a falar. Isso Maria achou natural. Estranho para ela era como, sempre a viver em Lisboa, o Ler mais

………………… As alterações climáticas De repente, o dilúvio! E ele na rua, desprevenido. Por sorte, em frente, uma loja aberta, à Ler mais

………………… Círculo vicioso Carregava uma tristeza que lhe ensombrava os dias. Decidiu escaqueirar a amargura empedernida, com martelos, marretas, britadeiras. O pó, Ler mais

………………… O veredicto Redigido o discurso, impunha-se avaliá-lo. Convocado o companheiro de quarto para a missão, assumiu postura oratória em Ler mais

………………… Cabaret Entra, aborda a primeira mulher com quem se cruza, vistosa profissional, risonha, disponível, perna ao léu. Intempestivo, olhos vidrados, Ler mais

Share
Instagram