Júlio Roldão

O prestígio da Imprensa

(*) Recupero uma carta que escrevi ao meu amigo Francisco Mangas, director da Gazeta Literária, da Associação de Jornalistas e Homens Ler mais

Ajustando contas

(*) Vivemos um tempo de traiçoeiros ajustes de contas e a desinformação instalada gera ambientes favoráveis a que tais indignidades Ler mais

Informação oculta

(*) Nas Ciências da Educação, fala-se muitas vezes de currículos ocultos, conceito que se entenderá, bem reflectindo, numa opinião Ler mais

Este postal, o centésimo e último desta série de postais ilustrados aqui colocados durante cem semanas, vai para muita gente. Ler mais

Malta querida do GEFAC, No passado sábado, fui a Coimbra ver o espectáculo que apresentaram no Teatro Académico de Ler mais

Cara Dra. Luísa Quintela, Permita-me que comece este postal a lembrar um grande amigo e um grande viajante – o meu amigo Ler mais

Caro Henrique Borges, Como já revelei, por sinal num postal também publicado neste sinalAberto, alguém que disse ser colaboradora de Ler mais

(Des)prezado (ro)bot, Pior do que as pragas do Egipto, quando o Nilo tingiu-se de sangue e a Terra foi atacada Ler mais

Querido Manuel Guerra, A primeira vez que te vi foi em Coimbra, no dia 4 de Novembro de 1971, uma quinta-feira. Tu estavas nas Ler mais

Share
Instagram